2009/09/21

Seminário sobre o Ensino Religioso... Imperdível!


4 comentários:

Rosângela disse...

Olá, professor Kauê!
Eu gostaria de colocar o que penso sobre esta questão de Ensino Religioso, mas não sei se serei compreendida.

Até bem pouco tempo eu via Ensino Religioso como algo quase que imprescindível para ajudar na Educação de crianças e jovens.

Com o tempo fui percebendo que Ensino Religioso poderia ajudar como cultura "a mais", conhecimento "a mais", educação "a mais", e mais respeito entre as pessoas e suas preferências.

E hoje cheguei mesmo à conclusão de que Ensino Religioso só traz confusão entre as pessoas. Há um ódio muito grande por parte de "intelectuais" que usando de suas prerrogativas de detentores do "saber científico", usam e abusam de suas teses contra o Ensino Religioso em nome da tal Laicidade.

A coisa é tão feia, que nem me aventuro a comentar "sobre" em outro blog onde este assunto está postado.

Quanto a questão de "laicidade"( nem sei se é este termo, mas espero que esteja sendo compreendida), é muito engraçado que os intelectuais só levem em conta as "culturas" orientais e africanas para serem manifestas em todos os seus aspectos incluisive espirituais.

Mas quando se fala em Católico e Evangélico, eles pulam e são contra, dizendo que o Estado é laico.
Quem discute a questão de um governador determinar um dia do ano para dedicar a este ou aquele santo? Quem discute se este mesmo Governador determina um dia para ser dia do Umbandista? O Estado não é laico? Por que eles não questionam isso?

O problema da polêmica ao Ensino Religioso, Kauê, é só por causa do Cristianismo.

Por causa do cristianismo ter virado Religião oficial e se enveredado por guerras, os intelectuais acham que Jesus vai se meter nas Intituições e bagunçar tudo.
A gente sabe que não é nada disso. Você sabe que não é nada disso.
Jesus nem é religião.
Por isso que cristãos deveriam estar fora desta coisa.

cont.

Rosângela disse...

Não estou criticando ter ou não ter, estou dando uma opinião de cristã assumida que sabe que religião não muda ninguém. Pode mudar no intelecto, nos pensamentos, mas o espírito não recebe a "metanóia" com "coisas" de "alma" e "mente".

Meu sobrinho e meu neto falam que não podem falar em Jesus no colégio. Só podem falar em Deus, senão as pessoas se sentem ofendidas.

ORa, se Religião é religação do homem com Deus e se Jesus foi quem fez esta religação, como dizer que "Vaca", "Pedra", "Árvore", por exemplo, é Deus. Como chamar de "Pai de Amor" as criaturas criadas por Ele?

Os intelectuais podem xingar, insultar, esbravejar contra a Verdade, com a maior falta de consideração. Mas sabemos que filosoficamente falando, segundo Marilena Chauí, a Verdade é uma Pessoa.
Existe a verdade "Veritas" do latim- onde a verdade está ligada a relíquias, passado, objetos... para serem vistos tocados, lembrados.
Verdade no grego, Alethéia, está ligado ao presente, a palavra argumentada, as coisas do presente.
E temos a Verdade no Hebraico que é Hemunah- Verdade aqui é uma Pessoa- Jehová-

Ora, não é à-toa que os intelectuais não queiram saber dos cristãos e não é à-toa que os muçulmanos não queiram saber dos judeus.

Se a VERDADE hemuná é uma Pessoa que criou tudo do nada, e esta Pessoa enviou o Seu filho que disse que era o Caminho a Verdade e a Vida, o que estará fazendo Jesus em aulas de Religião?

A não ser que as aulas sejam para dizer a VERDADE. QUE SÓ JESUS É DEUS. O DEUS CRIADOR DOS CÉUS E DA TERRA.

Mesmo sabendo que os que disserem tal coisa, poderão ter sua cabeça cortada.

Somos ou não somos filhos deste Deus Lindo e Amoroso e Misírecordioso?
E o verdadeiro cristão não vai jamais discriminar muito menos fechar a boca do outro que crê que Deus é tudo menos quem Ele realmente É.
Pode, no mínimo, explicar. E as pessoas têm todo o direito de escolher querer ou não o Deus Verdadeiro Pessoa Criador.

Ou ter uma outra filosofia para ajudar a alma e a mente .

Deus é Espírito e importa que o que os adoram O adorem e em espírito e em VERDADE.

E não é por força e nem por violência... mas pelo Espírito revelado ao espírito das pessoas.

Isto que acabo de dizer é VERDADE.

Mas... não podemos dizer esta verdade
E Deus vai cobrar de nós.

Rosângela disse...

Sabe, Professor Kauê, nos debates a gente não pode debater e dizer o que pensa, mas os contra não só podem dizer como podem ser agressivo e sem respeito.

Por exemplo, as pessoas podem discordar de mim. E podemos até debater. Amaria estar aí neste debate.

Afinal é conversando que nos entendemos, ou não?

Rosângela disse...

O mundo está como está porque Deus foi descartado e colocado abaixo de tudo quando não ignorado. Sim. o Deus Pessoa Criador, que enviou Seu ùnico Filho. E não é carochinha. Tanto não é, que até hoje é rejeitado os que o Seguem.